Pesquisa aponta que é possível um diálogo com uma pessoa que está sonhando

Vale muito entender esse avanço na compreensão da capacidade que o cérebro tem de interagir com o mundo externo enquanto dormimos.


As pessoas não têm a menor expectativa que podem se comunicar com alguém que esteja sonhando. Entretanto, pesquisadores de diversos centros de pesquisa no mundo conduziram um estudo mostrando que isso é possível sim. Os resultados foram recém-publicados pela prestigiada revista Current Biology.

Foram estudados 36 voluntários em quatro diferentes centros de pesquisa na Europa e nos Estados Unidos que tinham sonhos lúcidos, sonhos em que as pessoas têm consciência de que estão sonhando. Os pesquisadores demonstraram que é possível que uma pessoa sonhando possa seguir instruções elementares, fazer cálculos matemáticos simples, responder a questões sim / não e até diferenciar diferentes estímulos sensoriais. As respostas eram identificadas através de sinais eletrofisiológicos no eletrencefalograma além de movimentação palpebral e contração de músculos faciais. A esse fenômeno os cientistas chamaram de “sonho interativo”.

O mesmo método empregado pode ter utilidade fora dos laboratórios ao permitir que as pessoas aprendam enquanto dormem, solucionem problemas e pode até ajudar as pessoas que sofrem com pesadelos.

Confira o áudio da coluna Cuca Legal, uma parceria do ICB com a Rádio CBN Brasília: