Atividade física à noite atrapalha o sono?

Uma das recomendações médicas comuns da tal higiene do sono é evitar a prática de atividade física à noite. Mas será que isso realmente tem fundamento? Pesquisadores suíços estão falando que não. Confira.


Você já deve ter ouvido falar na tal higiene do sono. São cuidados que as pessoas devem ter para garantir uma boa noite sono. É dormir no silêncio e com temperatura adequada e as recomendações incluem uma série de hábitos nas horas próximas ao horário de ir para a cama. Devemos evitar ingesta de álcool e refeições pesadas, exposição à luz das telas digitais, inclusive dos smartphones, e até atividade física.

É claro que cada pessoa tem uma sensibilidade maior ou menor a esses diversos fatores, e no que diz respeito à atividade física, pesquisadores suíços acabam de publicar um estudo na revista Sports Medicine mostrando que atividade física à noite em graus moderados mais ajuda o sono do que atrapalha, mesmo quando realizados até 30 minutos antes de ir para a cama. Uma única pesquisa mostrou que atividades vigorosas, aquelas que você não consegue nem falar enquanto faz o exercício, podem atrapalhar sua noite de sono. Entretanto, esse estudo teve uma metodologia discutível, pois os voluntários não haviam realmente descansado antes de se deitarem, pois estavam com a frequência cardíaca 20% mais alta do que a encontrada em repouso.

A conclusão do presente estudo é que as pessoas podem fazer atividade física moderada à noite sem hesitação. Como falamos acima, cada um é cada um. Se a pessoa percebe que o exercício à noite atrapalha o sono, ela deve se organizar para fazê-lo mais cedo. O mesmo vale para as atividades vigorosas. O ideal seria treinar mais cedo, ou pelo menos dar o tempo suficiente para o corpo entrar no “modo repouso” antes de ir para a cama.

 

 

 

 

Confira o áudio da coluna Cuca Legal, uma parceria do ICB com a Rádio CBN Brasília: